A Polícia Civil, através da delegacia de Tailândia, nordeste do Pará, divulgou nesta quarta-feira (30) fotos e nomes dos acusados do duplo homicídio, no último domingo (27), no Jardim Liberdade.

VEJA MAIS

Casal é morto em Tailândia, mulher foi mutilada e homem carbonizado

Francisco Kauan Rufino, Henrique Brito Moreira (Ferrugem) e Gustavo Silva da Costa, são apontados pela polícia como autores das mortes de Creuza da Silva Conceição, 45 anos, e do companheiro dela “Ricardo”.

Foto: Reprodução IC Comunicações

Um dos acusados, Gustavo Silva, já havia sido conduzido à delegacia após o crime de Erica Silva, mas foi liberado.

Os três também são responsáveis pela execução de Erica da Silva, morta pelo “tribunal do crime” no mês de maio em Tailândia, segundo o delegado João Bosco. Erica foi morta com um tiro na nuca, às margens de um igarapé.

De acordo com o delegado, os três mataram o casal por motivo banal, depois que desconfiaram que Creusa da Silva, estariam repassando informações à polícia. A mulher chegou a comentar no bairro antes de ser morta, que o filho não deveria ter sido apreendido sozinho.

O filho dela, que é menor de idade, foi apontado pelas investigações como responsável pelo disparo que matou Erica Silva. O crime foi praticado na companhia dos mesmo acusados de matarem a mãe dele.

A prisão preventiva dos três foi solicitada junto a Justiça. Para a polícia é questão de tempo até eles serão presos. O delegado adiantou ainda que as investigações apontam que todos eles permanecem escondidos em Tailândia, depois dos assassinatos.

ASSISTA O MOMENTO DA MORTE DO CASAL

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *