Os acidentes na PA-150, uma das principais rodovias para escoamento de produção no Pará, continuam frequentes. Uma das principais causas destes acidentes são os buracos, encontrados com muita facilidade por motoristas ou quem necessita trafegar pela rodovia.

Relatos de vários motoristas apontam que entre os municípios de Moju e Jacundá existem trechos quase intrafegáveis. Mesmo com frentes de manutenção pela SETRAN – Secretaria de Transporte do Pará, os buracos não desapareceram.

No trecho entre os municípios de Moju e Goianésia do Pará vários acidentes foram registrados, alguns fatais, infelizmente. O atraso na manutenção seria problemas nos contratos das empresas ressoáveis pelas obras. Desde 2019 o Estado mantém essa manutenção.

Veja registros de alguns acidentes na PA-150;

Buracos, ‘camelões’ e falta de acostamento deixam a PA-150 uma estrada perigosa. Além disso, os prejuízos para as empresas de transportes são garantidos, conta alguns caminhoneiros. São eles que frequentemente são as maiores vítimas dos descasos da rodovia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *