Foto: Alison Lazaro – Portal Tailândia

É considero grave o estado de saúde da vice-prefeita e Secretária de Educação de Tailândia, Regina Góes, 62 anos, depois de testar positivo novamente para Covid, reinfecção. Ela já havia sido infectada ano passado. Regina foi encaminhada no fim da tarde de domingo (14), ao Hospital Geral de Tailândia (HGT) com oxigenação sanguínea baixa.

VEJA TAMBÉM

A educadora iniciou tratamento com fisioterapia e foi colocada numa tenda de ventilação para melhorar a respiração. O uso deste mecanismo diminuiu a necessidade de intubação em pacientes de Covid, além de ajudar a proteger os profissionais da saúde de contaminação.

O quadro de saúde é considerado grave e vem sendo acompanhado com muita atenção. A vice-prefeita testou positivo no início da semana passada e viu o quadro evoluir. Ela já fez uma tomografia que mostra a contaminação nos pulmões bastante avançada.

Covid em Tailândia

A taxa de contaminação tem chamado atenção das autoridades locais, pela rapidez e pela idades dos pacientes afetados. Durante a semana passada foram confirmados 317 novos casos, 88 em 24h e 3 óbitos.

Tailândia confirmou até o momento 3.350 casos de Covid ao longo desta pandemia, com 65 mortes. A taxa de pacientes recuperados é de 2.986.

Máscaras

Painel

O uso de máscaras e álcool em gel, além de evitar grandes aglomerações é pedido com exaustão pelas autoridades públicas do município, como prefeito “Macarrão”, Secretária de Saúde, Ruth Alcântara e o presidente da Câmara Municipal, Lauro Hoffmann.

Decretos

O Governo do Pará duplicou decreto determinando toque de recolher a partir de 21 horas em todo Estado, com medidas restritivas de horário de funcionamento ao comércio, e proibindo festas, shows, além de fechar balneários e bares.

No município, o prefeito “Macarrão” foi mais flexível e permitiu o funcionamento do comércio até às 20h, deixando a venda de bebida alcoólica restrita até às 18h. Mantendo festas e shows proibidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *