Três criminosos foram presos no início da noite de terça-feira (8), acusados de envolvimento no roubo de uma carga de cigarros na rodovia PA-150. O crime aconteceu próximo da vicinal 43, no município de Tailândia.

VEJA TAMBÉM

“Jango” é transferido em estado grave para Belém após diagnóstico de covid

Vídeo: Caminhão pega fogo na PA-150 em Tailândia

PMT faz reparos no perímetro urbano da PA-150, devido demora da empresa responsável pela obra

De acordo com a Polícia Militar, depois de tomar conhecimento do assalto ao caminhão, o comandante da 6ª CIPM, Major Corrêa, encaminhou algumas guarnições ao local do ocorrido.

No percurso, os policiais interceptaram uma caminhonete, onde estavam João Batista Alves dos Santos e Carlos Lázaro de Paiva Junior. João Batista ainda tentou empreender fuga, mas foi capturado. Ele já tinha um mandado de prisão em aberto.

Após a prisão dos dois primeiros e confissão do assalto, eles levaram os policiais até o local onde haviam escondido a carga a roubada. Segundo a PM, foi onde o terceiro acusado foi preso, Balthazar Wesley Quaresma de Souza, que também tinha mandado de prisão em aberto.

De acordo com a PM, o trio chegou a oferecer a quantia de 100 mil reais para permanecer em liberdade, o que foi recursado pelos policiais. Além do roubo de carga eles ainda poderão responder por corrupção ativa.

No momento da prisão, Balthazar Wesley ainda apresentou documento falsificado com o nome de Antônio Gustavo Jesus da Silva. Na ação da PM foram recuperados 1.700 pacotes de cigarros e apreendido um veículo.

Na chegada à delegacia, Carlos Lázaro de Paiva Junior ainda agrediu o apresentador da TV Guajará, Edson Rios, após desferir um chute. Ele também atingiu o cinegrafista da BMTV.

Os três acusados e todo material apreendido foram encaminhados à delegacia de Tailândia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *