Neste domingo (14), a Polícia Militar atuou em três casos de violência doméstica e familiar na cidade de Marabá, região sudeste do estado. Segundo os policiais, em todas as ocorrências, os agressores estavam embriagados no momento da agressão.

Neste domingo (14), a Polícia Militar atuou em três casos de violência doméstica e familiar na cidade de Marabá, região sudeste do estado. Segundo os policiais, em todas as ocorrências, os agressores estavam embriagados no momento da agressão.

O primeiro caso aconteceu, ainda na madrugada deste domingo, na Nova Marabá, quando Benedito Lindozo Costa foi preso por bater na esposa dele. A vítima apresentava hematomas nos braços e nas pernas.

De acordo com a polícia, tanto o agressor quanto a vítima estavam visivelmente embriagados. Para a Imprensa, o homem negou a violência, apesar dos ferimentos na esposa.

A notícia da segunda agressão chegou à polícia nas primeiras horas da manhã. Por volta das 8h30, uma guarnição da PM prendeu Thiago Maruco Russo, no Km 6, acusado de ter agredido fisicamente sua companheira. Ele admitiu a violência contra a mulher. 

O terceiro caso foi registrado às 22h, quando a PM recebeu chamado para se dirigir à Folha 14, onde foi preso em flagrante Marzule Ferreira Light, também acusado de agredir a socos sua companheira e de ameaçar o filho dela.

Os PMs flagraram o acusado na porta da casa ameaçando matar o filho da vítima, de prenome Murilo. Segundo a Polícia, o agressor também estava embriagado e dizia: “Murilo, vou te matar. Sai da casa!”. 

Por O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *