Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta terça-feira (15), que o governo federal não criará o programa Renda Brasil.

Em vídeo nas redes sociais, ele afirmou que o Bolsa Família vai continuar vigorando no país até o final do seu mandato.

O chefe do Executivo reagiu à declaração do secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, que disse em entrevista ao G1 que o governo poderia desvincular benefícios previdenciários para abrir espaço no orçamento.

“E a última coisa, pra encerrar: até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final”, declarou.

“Congelar aposentadorias, cortar auxílios para idosos e pobres com deficiência, um devaneio de alguém que está desconectado com a realidade”, completou.

Bolsonaro não chegou a um entendimento com a equipe econômica, que chegou a apresentar planos sobre cortes de gastos que poderiam ser feitos para financiar o novo programa.

A intenção do Renda Brasil era aproveitar a boa experiência do Auxílio Emergencial e criar um benefício que ampliasse o valor do atual Bolsa Família.

Por: Conexão Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *