Crédito: Agência Brasil

Além do aumento da conta de energia elétrica, os consumidores também terão que pagar mais caro no botijão de gás de cozinha a partir de hoje.

Isso porque a Petrobrás autorizou um aumento de 5% no preço do produto na manhã desta quinta-feira, 3. Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE/PA), é o nono aumento no preço do botijão somente este ano, com reajuste acumulado de quase 22%. 

De acordo com o estudo divulgado com o DIEESE/PA, na semana passada o preço do botijão estava sendo comercializado em média em Belém a R$ 78,93, com o menor preço a R$ 73,00 e o maior a R$ 85,00.

Ainda de segundo o estudo, o gás de cozinha comercializado no Pará continua entre os mais caros do país e varia de preço entre as várias regiões do Estado, alcançando em algumas valores superiores a R$ 100,00.  

Em termos de impacto na renda dos consumidores, análises feitas pelo DIEESE/PA, mostram que até o mês de novembro, quem ganhava até um salário mínimo tinha um impacto em torno de 7,55% por mês. Para o mês de dezembro, dependendo do tamanho do repasse deste novo aumento, o impacto será bem maior.

Por: Roma News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *