O desabamento da torre da Empresa de Processamento de Dados (Prodepa) em Curralinho, na região do Marajó, causou grandes prejuízos no município. Além dos danos materiais, quatro pessoas ficaram feridas. Segundo moradores, as vítimas permanecem internadas no Hospital Público da cidade e um deles foi trnsferido para o Hospital de Breves. A torre desabou durante um temporal ocorrido na noite desta quarta-feira, 2.

Os feridos são da mesma família, pai, mãe e duas crianças. Eles foram atingidos pelos escombros da residência, que teve a lateral destruída. O acidente ocorreu por volta das 18h30, momento em que caía uma chuva torrencial na cidade. A torre estava montada no terreno da Escola Estadual Manoel Da Vera Cruz, desativada há mais de um ano. Além da casa, três blocos da escola e a rede elétrica foram atingidos.

Segundo a Prodepa equipes do Corpo de Bombeiros e da concessionária de energia elétrica estão atuando na área. Um engenheiro da Prodepa também foi deslocado para direcionar as medidas necessárias de apuração do ocorrido e reestabelecer a comunicação de dados o mais rápido possível.

A Prodepa informou ainda que o equipamento era novo e foi instalado a cerca de 3 meses.

Roma News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *