foto: reprodução

Ivaldo da Silva Santos, 42 anos, assessor especial de gabinete da Prefeitura de Parauapebas, no sudeste do Pará, foi preso por volta de 18h, desta sexta-feira (29). Ele deve ser transferido para Marabá.

Ivanildo estava com mandado de prisão decretada pela Vara Única de Goianésia do Pará, no sudeste do Estado, acusado de associação criminosa e roubo qualificado, que teve como vítima um policial federal.

O suspeito foi preso por policiais federais e por uma equipe da delegacia de Polícia Civil de Goianésia do Pará. O policial Ramon Santos Costa, de 33 anos, foi morto no dia 10 de outubro de 2021, durante um assalto a ônibus de passageiro na PA-150, entre os municípios de Jacundá e Goianésia do Pará, no sudeste do Estado.

O agente reagiu ao assalto, conseguiu balear um dos criminosos, mas acabou atingido. O ônibus fazia o trajeto entre Marabá e Belém durante a madrugada, quando foi abordado por três criminosos que anunciaram o assalto.

Após o policial ser ferido, o motorista do ônibus seguiu com o veículo até o hospital municipal para que a vítima fosse socorrida. No entanto, ele não resistiu. O bandido baleado e outros dois criminosos foram presos em operações realizadas logo após o assalto.

Por Tina DeBord

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.