Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (25) várias viaturas da Polícia Civil e duas da Polícia Militar chamaram atenção de moradores de Tailândia, nordeste paraense. A operação foi batizada de “Ponto Final”.


Os policiais davam cumprimento a 5 mandados de prisão preventiva, expedidos pela Comarca de Tailândia, atendendo pedido do delegado Márcio Nogueira, que investigava os acusados desde maio. Três pessoas foram presas, outras duas são consideradas foragidas.

Deivan Trindade Pereira, Salatiel Souza de Sá e Fernanda Cristina Cruz da Costa foram presos no começo da manhã desta terça-feira. Adriano Rodrigues Araújo foi preso no domingo passado, depois de sofrer uma tentativa de homicídio, onde a companheira dele acabou morrendo. Por conta desse baleamento, a polícia antecipou a operação.

Os foragidos tiveram nomes e fotos divulgados pelo delegado. Edenilson Silva de Souza, de vulgo “Chapola” e Joel Santos, foragido da Justiça por ter prisão preventiva decretada anterior a operação da Polícia Civil.

Essa operação foi desencadeada, depois que a Polícia Militar prendeu Antônio Allan, apontado como um dos líderes do tráfico na cidade. A prisão ocorreu no mês de maio, pelo Major Corrêa, comandante da 6ª CIPM.

Os 06 mandados de buscas e apreensões foram cumpridos e um vasto material relacionado ao tráfico de drogas foi apreendido pelos policiais civis, como 166 petecas de oxi, uma trouxa de maconha e vários cadernos com anotações da “contabilidade” do tráfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que aconteceu hoje, direto no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.