Uma garotinha de 1 ano e 8 meses morreu por complicações após covid-19, em Tailândia, segundo o hospital. Evelly Emannuelle estava internada no Hospital Geral de Tailândia (HGT), mas acabou não resistindo as complicações da doença.

LEIA TAMBÉM

+Mãe e filha foram localizadas após ‘sequestro’ em Tailândia
+Encapuzados invadem casa e levam mãe e a filha

+Profissionais da educação são vacinados em Tailândia

A família diz que a garota morreu por falta de atenção do hospital, e acusa a unidade de negligência. Evelly Nascimento faleceu na manhã de ontem (31), depois de ser internada no fim de semana no HGT. Os pais, a levaram sexta-feira, dia 28 de maio ao hospital, mas já tinha levado na quinta.

Segundo a família, a menina foi medicada com dipirona, e por último com mofina.

Evelly apresentava muita febre, além de uma infecção nos olhos. A suspeito é que ela tenha apresentado a síndrome sistêmica pós-Covid. O caso é raro, e afeta principalmente crianças.

A família contesta a unidade e diz que a garota nunca foi diagnosticada com covid. Para eles a vida da menina poderia ter sido salva, se ele fosse transferida.

Um leito já havia sido solicitado para ela ser encaminhada, segundo informações. A previsão era que ela fosse transferida ainda na segunda, mas a criança acabou morrendo.

Outro lado

A diretoria Técnica do Hospital Geral de Tailândia (HGT), lamenta profundamente o falecimento da menor E. E.N.S, no dia 31/05, e assegura que a pequena usuária, que deu entrada na unidade hospitalar, dia 28/05, com febre, perda de apetite e edema em pálpebra superior esquerda, teve toda a assistência oferecida pela equipe multiprofissional do HGT, para tentar reverter o quadro de saúde que foi agravado nos dias seguintes, apesar dos atendimentos médicos e exames para combater as complicações infecciosas, inclusive, provocados pela Covid-19.

Com a piora clínica, foi solicitada vaga em UTI Pediátrica na Central de Regulação Estadual. Enquanto isso, a bebê foi encaminhada para Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) do hospital. Mas, infelizmente ela veio a óbito na manhã do dia 31, por complicações pós-covid.

 A direção do hospital se solidariza com a dor da família e amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *