Projeto Policia Civil Cidadã acontece no Distrito Palmares

A proposta do Projeto é a integração com a comunidade e em ações preventivas para reduzir criminalidade e aproximar a comunidade e a polícia.

policia-civil-cidada-palmares (3)~1

O projeto Polícia Civil Cidadã – Tailândia, realizado no Distrito de Palmares, é uma iniciativa do delegado Marcos Antônio Augusto, que aposta na integração com a comunidade e em ações preventivas para reduzir criminalidade e aproximar a comunidade da polícia.

Para tal, o projeto conta com diversas parcerias como: Polícia Militar, Secretaria Municipal de Saúde, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Segurança e Prefeitura Municipal de Tailândia, parceiros que ajudam a levar serviços e informação à comunidade que retribui sempre marcando presença e usufruindo dos serviços.

Uma das parcerias do Projeto Polícia Civil Cidadã é o Corpo de Bombeiros, que na ocasião fez demonstrações de procedimentos de segurança doméstica.

Jean Furtado, do Departamento Municipal de Trânsito-Demutran, ministrou uma palestrante,  sobre a importância do respeito às normas de trânsito, abordando o papel de cada um que faz parte do trânsito no município.

projeto-policia-civil-cidada-palmares-2~1

Delegado Marcos Antônio Augusto e demais autoridades ao fundo

Em sua fala, o delegado Marcos Antônio Augusto, abordou que o Distrito Palmares, assim como qualquer outro lugar tem seus problemas e enfrenta dificuldades, isso no entanto não é um fator limitante na atuação das autoridades competentes. Esse evento, por exemplo, tem como uma de suas propostas, formar uma nova geração de jovens conscientes de seu papel social e criar uma aproximação da polícia com a sociedade, podendo dessa forma, agir com mais eficiência, detectando e solucionando os problemas da população.

projeto-policia-civil-palmares (1)~1

População prestigia o Projeto Polícia Civil Cidadã no Distrito Palmares

[divide style=”2″]

Para acompanhar mais notícias de Tailândia e Região, Curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.