Polícia prende mandante e executor da morte de “Baiano”, morador da Sococo
Maria da Silva e Aldomar da Silva foram presos em Moju (foto: divulgação)

Aldomar Alex Cavalcante da Silva, o ‘Tatu’, e Maria do Socorro Cavalcante da Silva, foram presos no último sábado (4), em Moju, nordeste paraense, em cumprimento a mandados de prisão preventiva, acusados de serem executor e mandante, respectivamente, do assassinato de Raimundo Salustiano.

Conhecida como Baiano, a vítima foi morta no último dia 21 de julho e o corpo foi encontrado três dias depois em uma zona rural, na divisa de Moju e Tailândia. As investigações apontaram que a vítima foi morta por Aldomar a mando de Maria do Socorro, ex-companheira de Raimundo Salustiano. “Ela estava sendo ameaçada e agredida pela vítima”, explica o delegado, destacando que o crime foi passional.

Por conta disso, a mulher resolveu contratar dois homens para matar Raimundo. Além de Aldomar, participou do crime Aluízio da Costa Macial, que está foragido. As investigações continuam para localizar e prender o terceiro envolvido no homicídio.

Veja mais:

Você pode gostar de ver

Pequenos pacientes atendidos pelo HGT têm Natal antecipado

Nesta quarta-feira (13), às 9h, será realizada a primeira etapa do Natal solidário do…

Moradores do Distrito Palmares reclamam da insegurança

O Distrito Palmares, que pertence ao município de Tailândia, distante cerca 60…

PM pede ajuda para localizar família de jovem que aparentemente sofre de problemas mentais

A Polícia Militar pede ajuda para localizar a família de jovem, ainda…