Dois homens foram presos no fim da manhã desta segunda-feira (28) suspeitos de envolvimento em roubos, furtos e desmanches de motos em Tailândia, a 240 quilômetros de Belém. De acordo com a polícia, um dos suspeitos roubava ou furtava os veículos e outro retirava as peças para revender. Partes de uma motocicleta desmontada foram apreendidas pelos policiais.

A prisão só aconteceu após o Grupamento Tático Operacional (GTO), da Polícia Militar, receber denúncia anônima que apontou um local na vicinal Badarote, onde ocorria o desmanche de motos roubadas. A propriedade pertence a Clebson da Silva, vulgo “Gago”, que confessou o crime.

O acusado confirmou a acusação. Ele disse, em entrevista ao Portal Tailândia, que ao menos seis motos foram desmontadas na casa e que recebia o valor de R$ 300 reais, por cada moto levada e desmontada na propriedade dele.

“Gago” apontou Wilson Barral da Cunha de ser o autor dos roubos das motocicletas. Wilson também foi preso pela guarnição do GTO, comanda pelo sargento Henrique. Com ele, que já tem passagem por roubo, os policiais encontraram uma arma de fabricação caseira, que era utilizada para cometer os crimes. Ao ver a chegada da polícia, o acusado ainda tentou fugir, mas já estava cercado.

Uma terceira pessoa também estaria ligada no esquema, mas ainda não foi presa. As partes de uma moto Fan 160, de cor vermelha, foram recuperadas e também foram encaminhadas à delegacia da cidade, assim como os dois acusados e a arma apreendida.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.