Jovem morto na noite de quinta-feira (28) em Tailândia, nordeste do Pará, após um assalto ainda não foi identificado. A Polícia Civil espera que familiares possam procurar a delegacia, para que o procedimento normal seja feito.

Segundo testemunhas, o rapaz aproveitou o momento em que uma mulher iria fechar o portão da casa dela, para abordar a vítima e anunciar o assalto. Com uma arma caseira, ele tomou o celular da dona da casa e ainda pediu a chave da moto, mas fugiu em uma bicicleta. A mulher começou a pedir por socorro, foi quando populares começaram a correr atrás do assaltante, que na tentativa de fugir entrou em um matagal.

Após ser cercado por populares e pela Guarnição de Moto Patrulhamento, que foi acionada pelos próprios moradores, o acusado efetuou um disparo contra a polícia. A PM revidou e acabou acertando o suspeito, que ainda foi socorrido e encaminhado ao Hospital Geral de Tailândia, mas não resistiu e morreu momentos depois.

A arma utilizada pelo acusado foi apreendida e apresentada na delegacia de Tailândia. A vítima de assalto foi ouvida pelo delegado João Bosco, a mulher confirmou o assalto e as informações em depoimento. A polícia acredita que o acusado possa ser menor de idade.

Comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *