A morte de mãe e filha chocou moradores de Tailândia, a 230 quilômetros de Belém, os corpos foram encontrados na noite desta quinta-feira (18), em uma vila de quartos, onde elas moravam, na rua do Campo, no bairro Aeroporto.

Tereza Conceição da Silva, de 44 anos, e a filha Alessandra Silva dos Santos, de 24 anos, foram mortas com várias facadas. Até o momento não há identificação de suspeitos ou que teria motivado o crime.

Alessandra era portadora de deficiência intelectual, a mãe era quem cuidava dela. As duas moravam sozinhas em uma vila de quartos, há cerca de 8 meses.

Tereza Conceição foi encontrada sobre a cama, com as mãos amarradas para trás e amordaçada, enquanto o corpo da filha estava de bruços jogado ao lado da cama. O que também chamou atenção da polícia foram as várias perfurações nas vítimas.

De acordo com vizinhos, às duas eram ótimas pessoas. Mãe e filha frequentavam uma igreja evangélica e não possuíam desavença com ninguém. Mas ninguém chegou a ouvir pedidos de socorro ou gritos.

A mulher de 44 anos teve um casal de filhos, Alessandra que foi morta junto com ela e um rapaz. Ele conta que esteve duas vezes a procura da mãe e da irmã, mas não às encontrou. Ele disse ainda que retomou e com uma chave do quarto, cedida pela dona da vila, ele e a esposa encontraram os corpos.

O caso é investigado pelo delegado Luís Gustavo. Duas pessoas foram levadas para prestarem depoimentos na delegacia da cidade, mas até agora não há suspeitos. Uma equipe do IML de Tucuruí foi acionada pela polícia para remoção dos corpos.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.