Há quase 72 horas sem o fornecimento de energia elétrica, parte dos moradores de Tailândia, nordeste do Pará, enfrentam diversos transtornos causados pela queda da torre de alta tensão em Moju, no último domingo.

Sem eletricidade, populares dos bairros como vila Macarrão, Fátima I e II recebem água portável, através de três carros pipa, disponibilizados pelo prefeito do município, Paulo Liberte Jasper (Macarrão) para minimizar o sofrimento das famílias.

O gestor municipal também adquiriu 7 geradores de pequeno porte para manter em funcionamento unidade de saúde, distribuição de água e serviços essenciais, tanto na cidade como na zona rural, como na vila Turi-Açu, distrito Palmares, conjunto Daniel Berg e Jardim Liberdade.

Outra iniciativa da gestão municipal, segundo a PMT, foi cobrar da concessionária de energia elétrica geradores para manter a distribuição da água da Cosanpa, energia no Quartel da PM e nos conjuntos Jardim Primavera e Arboreto.

No residencial Jardim do Valle, loteamento privado, Macarrão encaminhou um gerador particular para funcionamento de duas bombas d’água. Uma ação de tapa buraco também foi iniciada no local.

Os bairros mais afetados pela falta de energia elétrica são os bairros Vila Macarrão, Centro, Belo Horizonte, Arboreto, Jardim Liberdade e Jardim do Valle. Nas ruas onde o carro pipa ainda não passou, moradores pegam água dos vizinhos e familiares.

Para salvar alimentos congelados e beber água fria, existem imensas filas nos locais que vendem gelo. A rede hoteleira está completamente lotada e o Comércio praticamente parado.

Durante a noite, nos bairros sem energia os moradores fazem fogueiras e usam velas para ter iluminação.

A previsão que a Equatorial deu para o restabelecimento do fornecimento da energia elétrica foi para o fim da tarde desta quarta-feira (21).

Por parte dos moradores e comerciantes a expectativa é grande, principalmente para pais com filhos pequenos.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.