Reprodução/HGT

A gestão do Hospital Geral de Tailândia (HGT), celebrou o Dia Nacional de Prevenção a Surdez, nesta quarta-feira, 10, com investimento na melhoria contínua do atendimento aos usuários com deficiência auditiva e surdos, ao oferecer assistência inclusiva com suporte de profissional intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras), por meio da colaboradora, Larissa Marinho, desde abril deste ano. Ela atua no Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), que também está treinando colaboradores da Enfermagem e Recepção da unidade hospitalar.

Essa atuação inclusiva vem contribuindo decisivamente na tradução de informações de usuários surdos, durante atendimento no HGT, tendo em vista que a indicação de sinais e sintomas e hábitos de vida comunicados pelo paciente ao profissional de saúde, ajuda na construção do diagnóstico, tratamento e prevenção.


Histórico da data- Segundo dados da Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde, a data comemorativa foi instituída pela Portaria de Consolidação MS nº 1/2.017, art. 527 como símbolo de luta pela educação, conscientização e prevenção para os problemas advindos da surdez, junto à população brasileira, que tem, aproximadamente, 5,8 milhões de pessoas com algum grau de surdez.

Surdez é o nome dado à impossibilidade ou dificuldade de ouvir. A audição é constituída por um sistema de canais que conduz o som até o ouvido interno, onde essas ondas são transformadas em estímulos elétricos e enviadas ao cérebro, órgão responsável pelo reconhecimento daquilo que se ouve.

Por: HGT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *