Para melhorar cada vez mais o atendimento oferecido pela equipe multiprofissional do Hospital Geral de Tailândia (HGT), o horário para troca de acompanhante de usuários passou a ser de 6h às 8h e das 18h às 20h. Já o horário de visita permanece de 16h às 17h, com direito de duas visitas.

O benefício surgiu a partir de sugestões dos próprios usuários e acompanhantes junto ao Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), o que vai fortalecer e integrar cada vez mais o relacionamento entre o HGT e seus usuários e acompanhantes.

De acordo com a supervisora do SAU, Simone Wortmann, a sugestão do nosso benefício surgiu no início de janeiro deste ano e, logo em seguida, foi apresentada para avaliação para avaliação da direção e coordenação de Enfermagem e conhecimento da supervisão dos Agentes de Portaria, que acataram a proposta e decidiram o novo horário para troca de acompanhantes, favorecendo diretamente o usuário em internação. “Será permitida a entrada para visitas e troca de acompanhantes somente após apresentação de indenização de documento com foto”, observou a responsável pelo SAU.

Ela ressalta que o atendimento do S A U é realizado em sala na área da Recepção Central da Emergência do HGT, de segunda a sábado das 7h às 19h. “Estamos sempre dispostos a recebê-los e ouvir suas sugestões, reclamações e elogios para melhor atendermos nossos usuários”, destacou Simone.

Para a coordenadora das Clinicas de Internação, Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e Ambulatório, Letícia Cristina Oliveira Santos, o novo benefício visa prestar uma assistência mais humanizada com a extensão desse horário da troca de acompanhante.

“Nossa equipe de enfermagem está orientada e pronta para esclarecer todas as dúvidas dos nossos usuários, porque entendemos a importância do acompanhante no cuidado diário do paciente, no auxilio das atividades cotidianas, sendo um intermediário entre o paciente e a equipe médica”.

Estrutura– O HGT é um órgão do Governo do Estado e 100% Sistema Único de Saúde (SUS). A unidade presta assistência de baixa e média complexidade e tem perfil em livre demanda, absorvendo os atendimentos de urgência e emergência e maternidade de acordo com a capacidade instalada para cerca de 300 mil usuários dos municípios de Tailândia, Moju, Acará, Goianésia e Tomé Açu e suas respectivas zonas rurais e vilas agregadas, na mesorregião do nordeste paraense. Possui estrutura hospitalar moderna para suportar mais de 32.000 atendimentos ao mês, entre os mais variados serviços.

O atendimento garantido por uma equipe multidisciplinar dispõe das especialidades de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia/Obstetrícia, Ortopedia/Traumatologia, Radiologia, Anestesiologia e Cardiologia.

Com informações de Vera Rojas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que aconteceu hoje, direto no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.