Referência no atendimento em Maternidade na mesorregião do nordeste paraense, a gestão do Hospital Geral de Tailândia (HGT) oferece também a realização do parto humanizado, que é recomendado pelo Ministério da Saúde (MS) e consiste em diminuir, cada vez mais, eventuais intervenções desnecessárias, além de garantir um ambiente mais calmo e harmonioso para a mãe o bebê.


A experiência foi vivenciada pela usuária Maria da Conceição dos Santos Silva Nunes, dia 23 deste mês, quando optou por este método para o nascimento de sua primeira filha, a menina Mikaelly, que nasceu com quase 40 semanas, 3.845Kg e 50 cm. “Ela veio ao mundo do jeito que escolhi: da forma mais humanizada possível, inclusive, tive direito a um acompanhante durante todo o processo de trabalho de parto, e pós parto”, contou a genitora.


De acordo com a coordenadora do Centro Cirúrgico (CC), a enfermeira Mayara Soares, a paciente teve todo o atendimento humanizado disponibilizado pela equipe do HGT que oferece à parturiente, na sala de parto, exercícios na bola Suíça, estimulado deambulação (movimentos) com auxilio da equipe para evitar os riscos de queda, massagem confortante, exercícios na barra de Sling, entre outros.


“O parto foi realizado de forma totalmente humanizada com a parturiente sentada em uma banqueta vertical, onde ela se posicionou para seu bebê nascer confortavelmente”, observou a enfermeira ao adiantar que parto humanizado é uma tendência no sistema de saúde para oferecer uma melhor experiência para a gestante e o bebê.


Mayara Soares informou ainda que, ao nascer, a pequena Mikaelly teve contato imediato pele a pele com a mãe. O cordão umbilical teve campleamento tardio com a bebê ainda no colo de sua genitora, que teve a oportunidade de cortar o cordão umbilical da própria filha. O clampeamento tardio permite que parte do sangue contido no cordão umbilical e na placenta, volte ao bebê.


O parto da Maria da Conceição foi assistido pelo obstetra , Dr João Alvez que contou com o apoio do enfermeiro obstetra Renan Aviz; e das técnicas de enfermagem Vanessa Rabelo e Márcia Aparecida.


Dados de partos- Em 2019, foram realizados 1.494 partos pela equipe do HGT, sendo que 1.031 normais e 462 cesários. Esse total correspondeu a uma média mensal de 125 procedimentos/mês. Já de janeiro a setembro de 2020, foram efetivados 1.038 partos. Desses, 693 normais e 345 cesarianos. A média mensal do procedimento ficou 115 partos.
Estrutura- Com 52 leitos, o HGT dispõe de assistência de média complexidade garantida por uma equipe multidisciplinar que oferece as especialidades de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia/Obstetrícia, Ortopedia/Traumatologia, Radiologia, Anestesiologia e Cardiologia.


Serviço: O HGT é um órgão do governo do estado que está localizado na Av. Florianópolis, s/n, Bairro Novo. Mais informações pelo fone (91) 3752-3121.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *