Integrantes da Associação Protetora dos Animais de Tailândia (APAT), resgataram na tarde de ontem (19) um gatinho com as patas traseiras quebradas.

Não há informação o que teria provocado os ferimentos no animal, se ele foi atropelado ou se teria sofrido espancamentos por parte de alguma pessoa.

O felino estava abandonado e agonizava, inclusive, sob ataque de urubus na rua da Emater, no bairro Santa Maria, quando foi localizado pela APAT. O gatinho foi socorrido e encaminhado ao veterinário. Ele recebeu atendimento e tomou soro.

Segundo o veterinário, o gatinho possivelmente terá as duas patas traseiras amputadas.

Lei pune agressões em animais

Atualmente, o crime de maus-tratos a animais consta no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais 9.605/98 e a pena previa de três meses a um ano de reclusão, além de multa.

Agricultor foi preso por mata mula

Um homem de 28 anos de idade foi preso pela Polícia Militar, acusado de matar uma mula a tiro, em Tailândia, nordeste do Pará. O caso aconteceu no dia 11 deste mês, na vicinal Pindorama.

O produtor rural teve que pagar uma fiança de 10 salários mínimos para deixar a cadeia, um total de R$ 11 mil reais. O caso gerou revolta em Tailândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *