Uma ação integrada das polícias Militar e Civil, agentes das forças de segurança pública apreenderam, na manhã deste sábado (20), mais de uma tonelada de entorpecentes no município de Bujaru, na região Nordeste do Pará.

É o maior volume de drogas apreendido nos dois primeiros meses deste ano. Policiais militares receberam a denúncia e foram ao local em diligência, onde encontraram dois veículos suspeitos em um ramal próximo ao rio que banha o município. Três suspeitos estavam próximos a um dos carros. Houve troca de tiros, e os suspeitos fugiram para a mata.

Todos veículos havia quase uma tonelada de entorpecente, com aparência de cocaína. A droga foi conduzida pela equipe da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), onde estão sendo realizados os procedimentos devidos. “É um trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar, em desdobramento, inclusive, de uma operação recente, que desarticulou lideranças de uma organização criminosa do Estado do Ceará. As forças integradas de segurança pública lograram êxito e apreenderam, hoje (sábado), cerca de uma tonelada de drogas, aparentemente cocaína, onde mais uma vez mostramos a nossa presença, realizando a maior apreensão de drogas deste ano de 2021”, disse o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado.

“São as forças de segurança do Pará, mais uma vez, atuando de forma ostensiva e precisa contra o crime organizado. Isso é um dos nossos maiores focos: desarticular essas organizações, descapitalizando e prendendo suas principais lideranças”, acrescentou. Ainda segundo o titular da Segup, “por meio dessas ações se revela a necessidade e importância da integração e união das forças de segurança, em mais uma ação conjunta das polícias Militar e Civil para combater o crime organizado no Estado”. A apreensão desse carregamento de drogas é o desdobramento de outra apreensão, feita semana passada, em parceria com a polícia do Ceará, que desarticulou uma organização criminosa (Com informações da Segup).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *