Lucas Araújo de Oliveira, 19 anos, foi morto com dois tiros no início da tarde desde sábado (17) em Tailândia, nordeste do Pará, depois de cometer um assalto, na companhia de um comparsa.

Ele já tinha passagem por roubo, quando ficou preso por um ano e seis meses. Na semana passada ele também chegou a prestar depoimento por envolvimento em outro roubo.

Neste sábado, ele e outro acusado teria cometidos vários assaltos no residencial Jardim do Valle. Revoltados, populares iniciaram por conta própria uma perseguição aos criminosos, quando um homem desconhecido sacou uma arma e desferiu dois tiros.

Lucas tentava se esconder dentro do quintal de uma casa, mas foi alcançado e morto.

Policiais do 45 BPM foram acionados, mas o acusado já estava sem vida quando os policiais chegaram.

Uma equipe da delegacia de Tailândia também esteve no local. A mãe do rapaz acompanhou a remoção do corpo, ela disse que avisava o filho sobre a vida que ele escolheu viver, mas que ele não dava ouvidos aos conselhos da mãe.

Comentários
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.