Fernando Haddad vota em São Paulo e demonstra otimismo: ‘Estamos confiantes’

Com camisa azul e calça jeans, ao lado da mulher, Ana Estela, vestida de lilás e branco, o candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, voltou hoje (28) por volta das 10h, em São Paulo. Desta vez, o vermelho, cor de seu partido, não apareceu.

Na parte de fora do prédio da Brazilian Internacional School, em Indianópolis, eleitores ouviam a música Alerta, desperta, ainda cabe sonhar e seguravam rosas e livros.

Otimista com a possibilidade de vitória, Haddad disse que lutará “até o fim”. “Há uma forte tendência de alta nas pesquisas nos últimos dias e eu estou muito esperançoso de que a gente vai ter um resultado positivo hoje à noite”, disse.

“Meu sentimento é que hoje o que está em jogo é a democracia no Brasil. Considero que hoje é um grande dia para o país, que está em uma encruzilhada. O projeto de nação que nós representamos ganhou as ruas nas últimas semanas. A nação está em risco, a democracia está em risco e as liberdades individuais estão em risco. Nós representamos a retomada do processo de aprofundamento da democracia, as liberdades e o combate à desigualdade no nosso país”, afirmou

Agenda

Haddad começou o dia com um café da amanhã com correligionários em um hotel no bairro Paraíso, na capital paulista. Ele agradeceu o apoio recebido nesta reta final da campanha. “A defesa das liberdades individuais e da democracia é um patrimônio do país que precisa ser preservado. Estou muito confiante de que vamos ter grande resultado hoje. Vamos lutar até o último minuto”, disse.

(Com informações do Estadão)

Você pode gostar de ver

Ministra Damares Alves pede para deixar governo Bolsonaro

Segundo a revista, Damares Alves teria se reunido, há alguns dias, com o presidente Jair Bolsonaro para discutir sua saída.

Decisão do STF sobre Ficha Limpa pode cassar mandatos de prefeitos e deputados

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que validou hoje (4) a…

Quem não votou no 2º turno, tem 30 dias para justificar o voto, no PA

Multa para justificar depois do prazo é de R$ 3,50. Justificativa pode ser realizada em qualquer cartório eleitoral.

Lula soma cinco eleições para se declarar mais votado da humanidade

A iniciativa foi inspirada em um discurso feito por Lula durante ato em defesa de sua candidatura