(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Daniel Bruce Conceição foi preso em flagrante, na tarde de domingo (27), no município de Igarapé-Miri, nordeste paraense. Ele é suspeito de envolvimento na morte do taxista Hugo Montano, de 66 anos, encontrado morto com os pés e as mãos amarrados em um ramal de Abaetetuba na noite de ontem.

De acordo com o delegado Nicholas Hortêncio de Lima, Daniel estava escondido em uma região conhecida como “Matinha”, em Igarapé-Miri. Ele foi conduzido para a sede da Superintendência Regional da Polícia Civil, em Abaetetuba.

Foto; Divulgação

“Desde o dia do fato, policiais civis se revezam num intenso trabalho de investigação que culminou na prisão do primeiro envolvido no crime”, disse a delegada Renata Gurgel, titular da Superintendência do Baixo-Tocantins, que também está à frente do caso.

DOIS FORAGIDOS

Enquanto isso, seguem foragidos outros dois suspeitos de envolvimento na morte do taxista: Daniel Corrêa Junior (vulgo “Juninho”) e Eduardo Lobato. A identificação do trio foi anunciada na manhã de ontem (26) pela Polícia Civil, mas até então não havia detalhes como os nomes e as fotos dos suspeitos.

O taxista Hugo Montano estava desaparecido desde a última terça-feira (22) após combinar uma corrida para transportar três passageiros do sexo masculino. O taxista trabalhava na Praça da Matriz, localizada na Vila dos Cabanos, distrito de Barcarena.

Três dias após o desaparecimento, o corpo do idoso foi encontrado por volta das 20h em uma via chamada “Ramal do Maranhão”, em uma área de matagal no município de Abaetetuba, enquanto o carro da vítima, um Fiat Siena de cor branca, foi encontrado abandonado em uma área residencial de Abaetetuba por policiais civis e militares. O veículo foi apreendido e passará por perícia.

De acordo com a Polícia Civil, testemunhas afirmam que a intenção do trio seria roubar e vender o táxi de Hugo. Além do mais, conforme os relatos, ele estaria amarrado em um ramal na região de Igarapé-Miri, ainda com vida, e que o carro estaria escondido em um dos ramais da região.

(DOL)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.