Reprodução

Um suspeito de assalto foi morto quando dois policiais militares à paisana reagiram a abordagem criminosa na noite desta segunda (31) em Tucuruí, Sudeste Paraense. Policiais que estavam reunidos com familiares em uma pizzaria reagiram a um assalto no estabelecimento e mataram Aldo de Sousa Moia, de apenas 19 anos, a tiros. Outros dois suspeitos, comparsas do rapaz que foi morto, conseguiram fugir.

De acordo com o 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o caso começou por volta das 23h de segunda-feira (31), em uma pizzaria na esquina das avenidas Brasília e Santo Antônio, bairro Jaqueira. Os policiais contaram que estavam no local com suas famílias quando perceberem três suspeitos passarem de motocicleta, olhando para os clientes nas mesas. Eles retornaram no veículo e, então, teriam anunciado o assalto.

Os PMs alegam que Aldo chegou a disparar contra os presentes, mas ninguém foi ferido. Como respostas, os dois policiais que estavam no local reagiram e, sacando suas armas, também atiram. Aldo Moia foi atingido e caiu, enquanto os outros dois suspeitos conseguiram fugir do local na motocicleta.

Com o suspeito morto, a polícia apreendeu um revólver calibre 38. Aldo já havia sido preso em dezembro de 2019 pelo homicídio de Claudiomiro Consini Caldeira, morto em novembro daquele ano. A investigação revelou que no dia 20 de novembro, por volta de 17hs, ele e um adolescente tentaram assaltar duas mulheres quando Claudiomiro percebeu a movimentação e tentou defender as vítimas dos assaltantes. Ele entrou na frente de uma das mulheres e foi atingido por dois disparos, morrendo na hora.

Por: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *