Reprodução/ O Liberal

Uma travesti foi morta a tiros na noite desta quinta-feira (26) em Marabá, no sudeste paraense. O crime ocorreu por volta das 23h, em frente à Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr° José Cursino de Azevedo, na Folha 10, no Núcleo Nova Marabá. Chamada informalmente de Bianca, a vítima foi morta por dois homens em uma motocicleta, que a confrontaram sem dar chance para que ela pudesse se defender.

Segundo a Polícia Militar, a travesti tem o nome de batismo José Augusto Pereira Veras e trabalhava como prostituta na localidade. Testemunhas indicaram à Polícia Civil que um dos atiradores se aproximou da vítima e, em seguida, disparou diversas vezes contra seu braço e peito. Os envolvidos na execução fugiram logo depois. Não há informações sobre suspeitos do ato criminoso.

Policiais que estiveram no local conseguiram apurar que a vítima e outras amigas haviam, recentemente, se envolvido em uma discussão com clientes que acusavam Bianca de roubo. Por conta disso, a hipótese de um crime por vigança também é cogitada.

Equipes da Perícia Criminal e do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local para a análise pericial e, em seguida, remoção do corpo da vítima.

Por: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *