Sargento morre após ser atropelada em frente ao quartel da PM em Ourilândia

A sargento da Polícia Militar Ana Cláudia da Silva Moreira morreu após ser atropelada por um motociclista na noite da última quinta-feira (5), no KM 150 da rodovia PA 279, em frente ao quartel da PM no município de Ourilândia do Norte, no sudeste paraense.

Ana Cláudia se deslocava para sua residência após expediente no Fórum do município, quando foi atingida pelo motociclista, que estava em alta velocidade e fazendo manobras perigosas (deitado sobre o banco), segundo a Polícia Civil.

A sargento teve fratura de maxilar, fratura exposta no fêmur esquerdo, fratura no fêmur direito e traumatismo craniano. Ela chegou a ser socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital Regional de Redenção, onde passou por cirurgia, mas não resistiu.

O motociclista, identificado como Samuel da Silva Santos, de 19 anos, também foi socorrido com escoriações e lesão na face. Ele segue em observação no Hospital Municipal de Ourilândia, segundo a PC.

Ainda de acordo com a PC, o condutor da motocicleta será autuado por homicídio doloso.

(DOL)

Você pode gostar de ver

Em Tucuruí Polícia Civil apreende mais de 600 toras de madeira

Ao todo, sete pessoas, entre elas um menor de idade, foram detidas.

PF cumpre mandado contra vereador de Castanhal por fraude em licitações

A Polícia Federal, em trabalho conjunto com a Controladoria Geral da União,…

Operação destrói 60 mil pés de maconha no nordeste do Pará

Droga era mantida em roças de quatro municípios da região. Segundo a…

13º salário vai injetar cerca de R$ 3,5 bilhões na economia

O prazo máximo para o pagamento da primeira parcela é até o dia 30 de novembro