Passageiros de Belém, Ananindeua e Marituba seguem sem transporte coletivo na manhã desta sexta-feira (28). A categoria decidiu nesta quinta-feira (27) manter a greve já que não houve avanços na negociação. Uma nova reunião de conciliação está agendada para esta sexta e também deve ter a participação da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).

Na quinta-feira (27), o Tribunal Regional do Trabalho (TRT8) determinou que 80% da frota continuassem circulando, sob pena de multa de R$ 150 mil por dia, em caso de descumprimento. Mas não foi o que houve.

Durante o início da manhã apenas transportes alternativos e de aplicativos foram vistos circulando nas ruas da capital.O Sindicato dos Rodoviários de Belém informou que a greve continua, mas que vai cumprir a determinação da Justiça, desde que a Semob estipule como deve ser a distribuição dos veículos.

A categoria aguarda por um acordo de 15% de aumento nos salários, ticket alimentação auxílio clínica e outras cláusulas de convenção coletiva. Segundo os rodoviários a categoria já está há dois anos com perdas salariais e a patronal não sinalizou nem com as perdas. Por isso a categoria votou pela greve geral.

Fonte: G1/PA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *