Projetos de horta primária e hidropônica do regional de Breves vai até a comunidade
Foto: Ascom HRPM

Os projetos da horta livre de agrotóxico e hidropônica desenvolvidos pelo Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), em Breves, estão literalmente crescendo e vão chegar até a comunidade, por meio de ações de educação em saúde para compartilhar os conhecimentos sobre seus cultivos, e assim contribuir de forma positiva para revisão de hábitos na vida da população marajoara, ao despertar uma visão de cuidado e respeito ao meio ambiente, aliando sustentabilidade, mais saúde e economia.

Foto: Ascom HRPM


Com uma área de 180m², atualmente a horta natural é responsável por 80% dos legumes consumidos nas alimentações diárias produzidas e servidas para colaboradores, usuários e acompanhantes.

O cultivo de hortaliças, verduras e ervas, ganhou um aliado com a implantação do sistema de compostagem de resíduos orgânicos vastamente estudado pelo assistente administrativo do HRPM, Wilson Frazão, que é estudante de Biologia da Universidade Federal do Pará, em Breves.

Foto: Ascom HRPM

Esse trabalho tem o intuito de promover um cultivo livre de agrotóxicos, além de diminuir a quantidade de resíduos encaminhados para o aterro sanitário de Breves, e assim garantir uma alimentação mais saudável para todos os públicos do hospital.


O autônomo José Lima de Souza, 57, está internado no HRPM e vai passar por um procedimento cirúrgico na perna esquerda, é um dos admiradores da alimentação produzida pelo Serviço de Nutrição e Dietética (SND). “A equipe por si só, já é muito competente.

Foto: Ascom HRPM

A comida então, nem se fala, excelente. Só tenho a agradece e parabenizo todos que cuidam da nossa alimentação que vem sempre no horário, muito bem temperado e deliciosa”, disse o usuário que é de Gurupá.


Da mesma opinião, a enfermeira da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica, Fernanda Tavares, 30, aprecia a alimentação servida pela sua diversificação e qualidade. “Faço parte do quadro funcional há 3 anos e não tenho do que reclamar. A refeição tem proteína todos os dias, salada, suco, são comidas bem feitas, bem temperadas que o hospital oferta pra gente, e vale ressaltar que é tudo aqui da horta, frutas, verdura, legume. Tudo colhido aqui. Os colaboradores que cuidam da nossa alimentação estão de parabéns”.


Com a expansão de pesquisa, essa atividade também ganhou importante aliado com a implantação de horta hidropônica que consiste na técnica de cultivar plantas sem solo, onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes essenciais ao seu desenvolvimento, também desenvolvido por Wilson Frazão.

“Realizamos diversos experimentos com o intuito de comprovar a efetividade da prática, e publicamos os resultados posteriormente no VII Simpósio de Estudos e Pesquisas em Ciências Ambientais na Amazônia, promovido pela Universidade do Estado do Pará (UEPA).

Em outubro deste ano publicamos um capítulo sobre esse nosso trabalho no livro “Meio Ambiente: inovação com sustentabilidade, através do qual demonstramos a efetividade da prática da compostagem no melhoramento da qualidade das hortaliças cultivadas e seus benefícios para o meio ambiente”, explicou Frazão.


Por isso, as técnicas de cultivos das hortas do HRPM estão sempre se aprimorando para melhorar cada vez mais a qualidade do serviço ofertado, principalmente aos usuários em assistência, sempre com foco no cuidado, bem estar e preservação do meio ambiente.

Investimentos – As hortas do HRPM são responsáveis pela manutenção de uma dieta saudável e devidamente balanceada, produzida pelo Setor de Nutrição e Dietética (SND), que é de fundamental importância para a melhoria do quadro de saúde do usuário.


Publicação – A experiência com o cultivo de horta hidropônica do Hospital Regional, em Breves, chamou a atenção de uma revista especializada em cultivo sem solo na América Latina. Em dezembro, o HRPM terá um artigo publicado na Revista Hidroponia, que classificou a iniciativa inédita no cultivo em área hospitalar.


Serviço– O Hospital Regional Público do Marajó é uma unidade do Governo do Pará que oferece assistência de média e alta complexidade, é referência em várias especialidades na assistência a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), e dispõe de atendimento ambulatorial de segunda a sexta-feira, das 7 às 17h. O hospital está localizado na Avenida Rio Branco, 1.266, Centro, na sede municipal de Breves.

Mais informações: (91) 3783-2140/ 2127.

Fonte: Ascom HRPM

loading...