As aulas na rede municipal de Belém estão suspensas. O anúncio foi feito pelo prefeito Zenaldo Coutinho, em entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira (17). Com a decisão, além das unidades comuns, estão suspensas as atividades na Escola Bosque e nas creches da capital.

A medida começa a valer nesta quarta-feira (18) e deve durar por 15 dias. Caso as famílias ainda se desloquem às escolas por não saber da suspensão, ainda serão recebidas normalmente e então informadas. O prazo pode ser ampliado ou reduzido, dependendo de como fica o cenário epidemiológico da capital. Os ônibus escolares também passarão por higienização a cada viagem.

As prefeituras de Ananindeua e Marituba também permanecem com as aulas mantidas, ao menos por enquanto. A Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc) também ainda não manifestou se suspenderá as aulas no estado. Só que a Escola de Governança do Pará já paralisou as atividades presenciais.

Caso de sintomas

Em caso de sintomas muito fortes de viroses respiratórias — tosse forte, falta de ar, febre acima de 37,5 °C —, o recomendável é contatar a Vigilância Epidemiológica do município de Belém, por meio do telefone (91) 98417-3985, ou órgãos de saúde dos demais municípios. Há também o telefone 136, do Ministério da Saúde. Nas lojas de aplicativos para Android e iOS, há um app oficial sobre o novo coronavírus, feito pelo SUS. Ainda há algumas instabilidades, mas é funcional.

Recomendações para todas as escolas

As recomendações para todas as escolas são as mesmas do Ministério da Saúde: lavar bem as mãos e pulsos ou usar álcool gel para higienização; evitar contatos físicos desnecessários, cobrir boca e/ou nariz ao tossir e/ou espirrar; não compartilhar alimentos e/ou talheres; higienizar estações de estudo ou trabalho; ao retornar de viagens onde há casos confirmados, com ou sem contato com casos suspeitos, é importante acionar os órgãos municipais de saúde e se afastar de atividades de estudo ou trabalho por, pelo menos, 14 dias.

Para manter a população informada a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza, diariamente, os dados na Plataforma IVIS, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação a situação epidemiológica. Os dados locais do Pará só costumam ser atualizados, pela Sespa, à noite.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que aconteceu hoje, direto no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.