Foto: PC

Breu Branco/PA – Dois menores foram identificados pela Polícia Militar como sendo os autores das mensagens divulgadas pelas redes sociais com ameaça de massacre em escolas de Breu Branco, no sudeste do Pará. Eles foram localizados na tarde desta terça-feira (10/5) e conduzidos, junto com os pais, para a Delegacia de Polícia Civil do município, para serem ouvidos.

Segundo a PM, um dos menores divulgou um áudio e foto, que rapidamente foram compartilhados pelos grupos de Whatsapp na noite de segunda-feira (09/5), fazendo as ameaças, o que causou pânico entre alunos e pais.

Após a apresentação dos menores, o delegado Rommel Souza, titular da Delegacia de Breu Branco, divulgou uma nota no início da noite sobre o caso. “Polícia Civil e Militar informam que já identificaram o adolescente cuja imagem circula nas redes sociais portando uma arma supostamente de fogo e de grosso calibre. A Polícia Militar localizou o adolescente e apreendeu a suposta arma, o que veio a ser constatado ser apenas um simulacro de arma de fogo, como pode ser constatado pela imagem do objeto apreendido”, diz o delegado, que divulgou as fotos da arma desmontada, para mostrar que era só um simulacro.

Na nota ele informa que o segundo adolescente, de outra escola municipal, passou a difundir novamente a mesma foto e ainda gravou um áudio fazendo referência ao cometimento de uma suposta chacina. “Graças ao apoio da sociedade, através de denúncias anônimas, e da atuação da Polícia Militar, foi possível a Polícia Civil identificar os dois adolescentes envolvidos nessa brincadeira de mau gosto”, disse o delegado.

Ele finaliza dizendo que os pais podem ficar tranquilos e mandar os filhos para a escola, porque o caso já foi solucionado.

Por: PC

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *