Na manhã desta terça-feira (9), a Delegacia de Polícia Federal em Redenção, Oeste do estado do Pará, e deu cumprimento a mandado de busca e apreensão na cidade de Imperatriz, sudoeste do Maranhão. A Operação é chamada de FILTHY SHARING; que significa compartilhamento sujo.

A Operação foi deflagrada no bojo de investigação, que apura crimes previstos nos arts. 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e Adolescente, sobre a conduta de armazenar e compartilhar vídeo contendo cenas de sexo ou pornografia de criança e adolescente.

A Guarda Civil Espanhola, aportou às autoridades brasileiras que um email com IP localizado na cidade de Tucumã/PA, seria integrante de grupo internacional de compartilhamento de imagens com pornografia infantil.

Após anos de investigação, a Polícia Federal identificou um suspeito, que reside no Maranhão. A PF deslocou 5 policiais para cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência do alvo.

Em primeira análise das mídias e aparelhos eletrônicos localizados na residência do investigado, a polícia não conseguiu encontrar material de conteúdo pornográfico-infantil, mas o celular do alvo foi apreendido para pesquisa detalhada e prosseguimento das investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *