Reprodução/ Roma News

Um pastor foi preso em flagrante pela Polícia Civil suspeito de estuprar um menino de 13 anos em Altamira, no sudoeste do Pará. Ele foi preso no início da noite desta segunda-feira, 25, após ser denunciado pela mãe do garoto.

A mulher contou que mandou o filho ir até a igreja, que fica às proximidades de sua casa, no centro da cidade de Altamira, para devolver um rodo que tinha pegado emprestado. Como o menino demorou a voltar, ela começou a gritar por ele e pouco depois o menino chegou em casa desnorteado.

Só depois de algum tempo foi que o garoto conseguiu falar e detalhar o que tinha acontecido. “Meu filho me contou que ele [pastor] ainda conseguiu beijá-lo na boca e tirar sua roupa. No entanto, quando eu gritei, ele o soltou e ele saiu correndo de dentro da igreja. Eu imediatamente fui lá tirar satisfação. Ele ainda tentou conversar comigo, mas eu estava com tanta raiva, que chamei logo a polícia”, contou a mulher, que foi até a Secional de Altamira e registrou ocorrência.

Após a denúncia formalizada, uma equipe da Polícia Civil prendeu o pastor em flagrante. Segundo a mãe do garoto, o menino está traumatizado.

Ela contou que o pastor assumiu o comando religioso da igreja, onde estava morando, há cerca de duas semanas. O caso será investigado pela Delegacia da Mulher de Altamira e a criança será encaminhada para passar por atendimento médico e psicológico. O pastor não teve o nome informado.

Por: portal Debate de Carajás

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.