A Justiça do Trabalho suspendeu nesta segunda (5) o retorno dos professores às aulas presenciais na rede particular de ensino no Pará.

A decisão da juíza Dirce Furtado Nascimento vale para as escolas particulares de todo o estado, até o dia 4 de maio.

A magistrada levou em consideração a situação alarmante da Covid-19 no estado e a alta taxa de ocupação de leitos. Segundo a determinação, as aulas on-line podem ser mantidas normalmente.

A decisão derruba autorização do governo estadual que, por decreto, havia autorizado o retorno às aulas presenciais a partir desta segunda.

A ação foi movida pelo Sindicato dos Professores da Rede Particular do Pará. Já Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino disse que ainda não foi notificado da decisão.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *