Reprodução

William Ferreira, de 22 anos, confessou que estuprou e matou uma adolescente de 13 anos, a menina foi encontrada morta na última terça-feira, 5, na BR-230, com o corpo todo queimado, na comunidade rural Vila do Alvorada, em Uruará, sudoeste do Pará.

O crime ocorreu na noite do dia 2 de julho e as investigações apontavam que William seria o principal suspeito do crime, ele foi preso na última quinta-feira, 7, autuado por porte ilegal de arma. Nesta sexta-feira, 8, o acusado confessou o crime.

Segundo a Polícia Civil, o acusado revelou, em depoimento, que a garota teria tentado roubar sua moto, e que por isso usou uma espingarda calibre 20 para matar a vítima. Além disso, ele atraiu a menina oferecendo drogas em troca de sexo, uma armadilha.

Após o ato, William informou que não tinha o entorpecente, a menina ameaçou denunciá-lo. Ela tentou fugir, mas foi perseguida, baleada na cabeça e morreu no local. O acusado voltou para a casa, como se nada tivesse acontecido. O corpo da vítima foi encontrado queimado, devido a grande exposição ao sol.


O acusado foi preso pela polícia, na própria casa, e segue à disposição da justiça.

Com informações Confirma Notícias.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.