(foto: Bruno Cecim / Agência Pará)

A partir deste hoje (14), os grandes supermercados no Pará, estão proibidos de usarem ou distribuírem sacos e sacolas plásticas. A decisão ocorre após aprovação de lei que visa diminuir os danos ambientais.

O projeto de lei 221/2019 foi aprovado no dia 9 de outubro de 2019 com o objetivo de implantar uma política estadual de substituição e recolhimento de sacos e sacolas plásticas em estabelecimentos comerciais em todo o Estado. A nova lei proíbe as empresas de distribuírem gratuitamente e até de utilizarem as sacos plásticas descartáveis com compostos de polietilenos, polipropilenos ou similares.

Em 2012, mais de 60% das capitais brasileiras já proibiam o uso de sacos e sacolas plásticas em supermercados. Especialistas apontam que além da legislação imposta pelo estado, é necessário também, um forte trabalho de conscientização da sociedade sobre o malefício que as sacolas plásticas trazem para o meio ambiente e incentivar a mudança de hábito no consumidor.

De acordo com o presidente da Associação de Supermercados do Pará (Aspas), Jorge Portugal, a medida é vista como um avanço importante e que a lei não vale somente para os supermercados:

Por serem maiores, os supermercados acabam distribuindo mais sacolas, mas a lei é válida para todos os estabelecimentos. A Aspas está ajudando com campanhas educativas para os consumidores lembrarem que a lei entra em vigor dia 14. As sacolas de polietileno não estarão mais disponíveis a partir desta data”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *