Governo testa hoje (07), travessia de balsas no local do acidente da Alça Viária
A Setran também finalizou a pavimentação dos acessos dos dois lados do rio, para a instalação de rampas flutuantes (foto: Setran)

Após dois meses do acidente que derrubou a ponte do rio Moju, a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) iniciará, neste sábado (8), a cravação das estacas metálicas no local. Essas estacas formarão, mais adiante, os dois pilares do mastro central da ponte.

Segundo Pádua Andrade, secretário de Estado de Transportes, as obras de reconstrução do trecho da ponte ocorrem dentro do prazo previsto, que é de 180 dias. Segundo ele,

“O serviço de cravação das estacas acontecerá durante todo o mês de junho. Em julho iniciaremos a montagem do tabuleiro misto que será em aço e concreto e terá 268 metros de comprimento. Em seguida, haverá a instalação dos cabos-estais, tudo dentro do prazo previsto para o novo trecho da ponte estar pronto em outubro deste ano”, disse o secretário.

Teste nas rampas

A Setran também finalizou a pavimentação dos acessos dos dois lados do rio, para a instalação de rampas flutuantes no local da ponte em obras. O teste da travessia, que depois dará início ao serviço de balsas, deve ser feito nesta sexta-feira (7), pela Capitânia dos Portos. A navegação no local não prejudicará o andamento da obra de reconstrução do trecho da ponte.

Sem prazo para utilização das rampas

A Secretaria não informou contudo, quando as balsas devem entrar em operação no local.

Fluxo intenso da Alça Viária

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), cerca de 10 mil veículos utilizam a Alça Viária diariamente. A rodovia PA-483 (Alça Viária) é um complexo de pontes e estradas que totaliza mais de 74 km de rodovias e 4,5 km de pontes, construídas para integrar a Região Metropolitana de Belém ao interior do Estado. Ela tem início na rodovia BR-316, na altura do município de Marituba, e termina no município de Barcarena, permitindo acesso às rodovias PA-475/PA-150 rumo ao sudeste e sul do Pará.

Com informações Agência Pará

Você pode gostar de ver

Justiça bloqueia R$ 105 milhões de empresas responsáveis por aterro sanitário em Marituba

O pesquisador de Engenharia Ambiental, Mário Russo, explica que a quantidade de lixo que pode ficar sem destino é enorme. “

Adnan Demacki é o novo secretário especial de Proteção Social

Adnan Demachki, que foi vice-prefeito de Paragominas entre os anos de 2001…

Criança de 3 anos é atingida por linha com cerol em Breu Branco

O pai da criança estava sentado em frente de casa, quando a linha atingiu sua filha.

Modelo paraense Kamilla Salgado disputa vaga para o BBB 2013

Paraense será confinada na Casa de Vidro no sábado, 5. Família de…