Crédito: Ascom PM

Luciano Magno Quadros, de 21 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira, 01, acusado de esfaquear e matar a ex-namorada com uma faca de cozinha, durante a madrugada. De acordo com ele, foi a jovem quem pegou a faca e desferiu o primeiro golpe. Ele alega ter agido em legítima defesa.

Segundo a Polícia Militar (PM), no momento em que foi preso, Lúcio, estava dormindo. Antes de ir para o sistema prisional, ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) por estar ferido. 

Reprodução: Roma News

De acordo com depoimento de Luciano, a faca pertencia à sua residência. Quando a ex-namorada acordou, foi para a frente, abriu o portão, como sempre fazia, e ficou o esperando. O rapaz voltou para vestir uma camisa, e nesse momento ela foi até à cozinha e pegou a faca.

“A gente foi para o portão e quando chegou lá ela começou a me questionar de novo dessas conversas, tirar satisfação. Foi aí que teve a discussão de novo e ela desferiu o primeiro golpe, aí no segundo que ia pegar no meu rosto eu coloquei a mão, peguei a faca e desferi nela”, assume. 

Questionado sobre o fato de a polícia ter constatado que Lúcio desferiu muitos golpes contra a vítima, Lúcio se exaltou e deu a entender que, “no calor do momento”, não há controle. “Sim, cara, e tu acha o que? O cara tá ali no calor do momento, um monte de coisa na cabeça, a gente não sabe o que fazer, né?”, alega.

Por: Roma News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.