A Polícia Civil, em Rurópolis, em conjunto com uma equipe da Delegacia de Homicídio de Santarém, municípios no sudoeste e oeste do Pará, respectivamente, cumpriram dois mandados de prisão contra Marcos Antônio da Silva Gaia.

Natural de Rurópolis, Marcos foi preso nesta quinta-feira (19) por envolvimento em crimes de tráfico de drogas, posse de arma de fogo e munições, tentativa de homicídio contra agentes da segurança pública, ocorridos no ano de 2019. 

A Polícia Civil informou que Marcos respondia aos crimes citados em liberdade por estar submetido a um tratamento médico mas, nesta quinta-feira (19), foi decretada a prisão preventiva dele em um dos processos em andamento, e em outro processo, a Justiça proferiu a sentença condenatória. 

De acordo com a Superintendência da Polícia Civil do Tapajós, há a suspeita também de que o acusado faça parte de uma organização criminosa. Segundo a polícia, todos os procedimentos serão realizados para que Marcos Gaia seja transferido para o presídio de Altamira, município que também integra a região sudoeste paraense.   

A prisão dele contou com a atuação conjunta de policiais, de Rurópolis e de Santarém, vinculados à Superintendência do Tapajós, sob o comando do delegado Vicente Gomes; e da Superintendência do Médio e Baixo Amazonas, que tem à frente o delegado, Jamil Casseb. 

Dol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *