Lei Aldir Blanc Pará 2020 está com inscrições abertas para 17 municípios paraenses que ainda não aderiram à iniciativa federal. São R$ 4 milhões e 200 mil destinados ao Estado com o objetivo de garantir a manutenção das atividades do setor cultural também no interior, bastante prejudicado com a chegada do coronavírus ao Brasil.

Serão contempladas 150 propostas, com prêmios individuais de R$ 28 mil. As inscrições podem ser feitas até o dia 12 de janeiro, pelo email aldirblancespacosculturaispa@gmail.com.

Um ponto importante a destacar: o edital é voltado para espaços culturais, casas fixas, mas ele se estende também a atividades culturais de maneira geral – grupos que se reúnem em torno de uma festividade popular, arraiais, cortejos e outras manifestações, como bois, pássaros, feiras de artesanato. A intenção é promover o sustento dos fazedores de cultura e garantir a preservação das atividades culturais nesse momento de dificuldade econômica do país. 

“Esse valor será destinado ao custeio da ocupação e programação desses espaços físicos, onde as pessoas se reúnem regularmente, mas o edital contempla ainda cine clubes, clubes de leitura, bibliotecas comunitárias, escolas de música e dança, grupos de teatro, espaços culturais em comunidades indígenas, quilombolas, grupos que se reúnem anualmente em torno de uma festividade popular, galeria de arte, etc”, explicou o presidente da Apacc, Mauro Sérgio Viana.

Para participar dos editais da Lei Aldir Blanc, os proponentes devem primeiro se cadastrar no Mapa Cultural do Pará www.mapacultural.pa.gov.br. Já no site  www.apacc.org.br, os interessados podem acessar o edital completo e anexos, como formulário de inscrição, declaração de residência e outros. A Apacc é a Associação Paraense de Apoio às Comunidades Carentes (APACC), entidade sem fins lucrativos que realiza o chamamento em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (SECULT), Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Confira os municípios por Região de Integração:

Região do Araguaia: Bannach, Cumaru do Norte, Santa Maria das Barreiras

Região do Baixo Amazonas: Terra Santa

Região Guamá: São João da Ponta

Região dos Carajás: Brejo Grande do Araguaia, Eldorado dos Carajás, Palestina do Pará, São Geraldo do Araguaia

Região Lago de Tucuruí: Jacundá, Novo Repartimento

Região do Rio Caeté: Primavera

Região do Rio Capim: Aurora do Pará, Garrafão do Norte, Mãe do Rio

Região Tocantins: Acará, Baião

As propostas podem ser desenvolvidas e executadas de forma presencial ou virtual, com qualquer tipo de suporte, formato ou plataforma (respeitando as normas sanitárias de prevenção ao COVID-19, novo coronavírus) que sejam acessíveis a diferentes públicos.

Serão aceitas propostas de pessoas jurídicas, MEIs, pessoas físicas que se inscrevam em nome próprio representando espaços culturais de apresentações artísticas ou espaços sede de grupos ou coletivos artísticos e culturais com no mínimo 2 (dois) anos de atuação cultural comprovada, residentes ou domiciliados no Estado do Pará, para a realização de ações artísticas e culturais.

Serviço

Inscrições abertas para o edital Espaços Culturais – Lei Aldir Blanc Pará 2020, até o dia 12 de janeiro de 2021. Informações no site www.apacc.org.br e atendimento online feito pela APACC em dias úteis, das 8h às 17h, durante o período de inscrição, pelo e-mail aldirblancespacosculturaispa@gmail.com e pelo aplicativo WhatsApp, número (91) 99318-8980.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *