Dez bandidos foram presos por diversos crimes no nordeste paraense
Benedito Santos da Silva, o Bené, preso pela morte de PM em Barcarena – Crédito: Polícia Civil do Pará

Ações da Polícia Civil no Baixo Tocantins, no nordeste do Pará, resultaram nas prisões de dez criminosos, em cidades da região, nos últimos dias. As prisões foram realizadas em municípios como Cametá, Oeiras do Pará, Abaetetuba e Barcarena, de autores de crimes como roubos, latrocínio, tráfico de drogas, violência doméstica, extorsão e homicídios.

Uma das prisões foi realizada no último dia 3, quando foi preso, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, por crime de latrocínio, Rodrigo Corrêa Lopes, de apelido Nheca. A prisão foi realizada por uma guarnição da Polícia Militar que conduziu o preso até a Delegacia de Cametá. 

Contra ele, havia mandado de prisão expedido pela Comarca do município de Baião. O preso é investigado como um dos autores do latrocínio que teve como vítima o idoso Galdino de Souza Aragão, 79 anos, pai de um vereador de Baião.

O crime ocorreu em 20 de fevereiro deste ano, em Baião. Por ocasião do crime, a moto da vítima e a quantia de 300 reais foram roubados. A vítima foi deixada com as mãos e pernas amarradas e teve um pano atado à boca.

As investigações apontaram que os criminosos, após o crime, teriam fugido em direção às cidades de Cametá e Mocajuba. Um dos autores, Marcos Corrêa Lopes, foi preso, em 09 de maio deste ano, em Cametá em cumprimento a mandado de prisão pela autoria do crime.

*Com informações Roma News.