Reprodução/Redes Sociais

Dois homens foram mortos em confronto com a polícia na madrugada desta terça-feira (20), nas matas de Marituba, Região Metropolitana de Belém. Segundo a polícia, Marcos, vulgo “Belemzão” e Danilo seriam os executores da adolescente Caylane Cristina Pinto Cavalcante, de 14 anos, que foi encontrada morta na tarde da última quinta-feira (15), na mesma região.

Após cerca de quatro dias de busca pelas matas de Marituba, equipes do 21º Batalhão de Polícia Militar (21º BPM) localizaram os suspeitos de executar a adolescente, que estava desaparecida desde o último dia 10. Por volta das 3h da manhã, os suspeitos foram localizados enquanto tentavam fugir pela Alça Viária.

De acordo com a polícia, Marcos e Danilo reagiram à voz de prisão e foram baleados após troca de tiros. Os dois ainda chegaram a ser socorridos e levados para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Marituba, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

O caso

Caylane estava desaparecida desde sábado (10). Pelas redes sociais chegou a circular um vídeo em que a adolescente aparece sendo interrogada por membros de uma facção criminosa. Nele, aparecem também prints de mensagens trocadas entre os membros do grupo confirmando que estavam apenas no aguardo de uma ordem para executá-la.

O motivo especulado para o assassinato de Caylane é de que ela teria repassado informações sobre o grupo criminoso à Polícia. Na última vez que Calyane foi vista ainda com vida, ela estava na companhia de outra jovem, de prenome Liliane, que também vinha sendo dada como desaparecida.

Todavia, o delegado Adelino Souza, da Seccional de Marituba, que está à frente das investigações desse caso, informou que a polícia já tem informações de que a mesma não está sob o poder dos mesmos criminosos, mas, “escondida”, no intuito de preservar a sua integridade pois também estaria sendo ameaçada.

Por: O LIberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *