A morte foi confirmada pela Polícia Militar, através do comandante da 6ª CIPM, Major Corrêa. De acordo com a PM, Juniel Oliveira Abreu tentou invadir a casa de um policial militar, na noite de ontem (04), localizada na comunidade Água Preta, próximo ao distrito Palmares. Juniel foi baleado e não resistiu aos ferimentos.

De acordo com relatos do policial, já passavam das 21h quando ele ouviu latido dos cachorros, ao sair da residência, se deparou com Juniel com um facão na mão. O policial reagiu e atingiu o acusado com disparos de arma de fogo.

O rapaz era acusado de matar a golpes de facão, Robson Vilhena de Sousa, 20 anos de idade, na noite de sábado (03), por ciúmes da ex com a vítima. A polícia acredita que o mesmo facão do homicídio foi utilizado pelo acusado para tentar invadir a casa do PM.

O corpo do acusado foi removido e encaminhado ao IML de Abaetetuba. O caso foi registrado na delegacia de Moju, a localidade pertence ao território mojuense.

Comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *