Acusado de feminicídio em Abaetetuba se escondeu em Tailândia antes de ser preso pela polícia
(Foto: Divulgação)

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (1º), em cumprimento a mandado de prisão preventiva, em Abaetetuba, nordeste paraense, Elionei de Jesus Lima e Lima, acusado da autoria de crime de feminicídio que teve como vítima Maria de Lourdes Lima e Lima, ex-esposa do acusado. A prisão foi realizada pela equipe policial da Delegacia de Homicídios do município. O crime foi registrado no sábado passado, dia 28 de julho, quando o acusado matou Maria de Lourdes a facadas. As investigações mostraram que o crime foi cometido na casa da mulher, enquanto a vítima ajudava nos preparativos do casamento do irmão.

O crime, segundo explica a delegada Renata Gurgel, titular da Superintendência da Polícia Civil na Região do Baixo Tocantins, é que a vítima não desejava mais reatar o casamento de 10 anos com o acusado. Os dois já não conviviam havia 10 meses. Após o crime, o acusado fugiu para os municípios de Moju e Tailândia, onde permaneceu escondido até retornar à cidade de Abaetetuba, onde foi localizado e preso pelos policiais civis da DH.

“O crime ganhou muita repercussão na cidade, haja vista sua crueldade. A vítima, desde a separação, recebia ameaças do autor e estava residindo em Belém. Ela veio a Abaetetuba, no dia do crime, para participar do casamento de seu irmão”, ressaltou a delegada. Elionei de Jesus vai permanecer preso, no município, à disposição da Justiça.

Você pode gostar de ver

Emater e Embrapa investem na melhoria da pimenta do reino produzida em Baião

Uma espécie resistente à fusariose e o cultivo com tutor vivo são as inovações feitas na produção de pimenta do reino em Baião.

GREVE – servidores do Diário do Pará e do portal Diário Online

Várias reivindicações estão na pauta dos servidores do Diário e do DOL. …