600 toras de madeira ilegal foram apreendidas durante operação em Breves
Crédito: Reprodução / Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio da Divisão Especializada em Meio-Ambiente (Dema), realizou no último final de semana uma operação de combate a crimes ambientais, na Ilha do Marajó.

Participaram da ação agentes da Receita Federal, da Secretaria de Estado de Meio-Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e o 4º Batalhão Naval da Marinha do Brasil.

Na operação foram apreendidas ao todo, 600 toras de madeiras de espécies diversas. Duas pessoas responsáveis pelo estabelecimento investigado irão responder na Justiça por práticas de crimes ambientais. 

Crédito: Reprodução / Polícia Civil

A delegada responsável pela operação, Adriana Magno da (Dema), explica que foi constatada infringência à Lei de Crimes Ambientais.

VEJA TAMBÉM

“No local, foi verificado o cometimento dos crimes de extração irregular de madeira; a existência de madeira sem origem conhecida; o depósito de resíduos sólidos e a fabricação de carvão sem licença expedida por órgão ambiental”, disse.

Os produtos apreendidos foram colocados sob responsabilidade dos autuados e à disposição da Justiça.

Crédito: Reprodução / Polícia Civil

Fonte: Polícia Civil.

loading...