Crédito: Polícia Civil

Cerca de 300 toras de madeiras com diâmetros abaixo permitido pela legislação foram apreendidas pela Polícia Civil as margens do Rio Totooca, próximo a sede de em uma serraria clandestina no município de Muaná, no Marajó.

Além do material apreendido, três pessoas foram presas e enquadrados por crime ambiental.

O flagrante aconteceu durante uma operação em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente do Município de Muaná (Semma).

As madeiras foram encaminhadas para a prefeitura do município para a realização de obras na região.

Fonte: Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *