Três homens acusados de cometer crimes na cidade de Tucuruí, no sudeste do Pará, foram presos por policiais civis, neste final de semana.

wallacelimabatista

Wallace Lima Batista também é acusado de assaltar postos de gasolina em Tucuruí

joelisondossantosribeiro_preso-tucurui

Joelison dos Santos Ribeiro é apontado como integrante de uma quadrilha que assalta postos de gasolina

almeranbarrosodasilva

Almeran Barroso da Silva, conhecido por “Milharina”, vai cumprir a pena por assassinato

[divide]

Três homens acusados de cometer crimes na cidade de Tucuruí, no sudeste do Pará, foram presos por policiais civis, neste final de semana. Dois deles, Wallace Lima Batista e Joelison dos Santos Ribeiro, são apontados como integrantes de uma quadrilha que assalta postos de gasolina. Além dos adultos, dois adolescentes são acusados de fazer parte do bando.

O outro preso é Almeran Barroso da Silva, conhecido por “Milharina”, que estava foragido e responde a processo por homicídio. As prisões foram coordenadas pela Superintendência Regional do Lago de Tucuruí, sob o comando da delegada Márcia Goreti da Silva Machado, nova titular da Polícia Civil na região.

Segundo a delegada, os integrantes da quadrilha foram presos em flagrante após assaltarem um posto de combustível, situado no bairro Beira Rio, em Tucuruí. A dupla foi autuada por formação de quadrilha, assalto a mão armada e porte ilegal de arma.

Homicídio – Já a prisão de Almeran resultou do cumprimento de mandado judicial de prisão preventiva, por sentença condenatória de 17 anos e oito meses de reclusão, por homicídio qualificado em 2007, na Rodovia Transbomjesus, na zona rural de Tucuruí. Na época do crime, o acusado usou uma cartucheira para assassinar um homem conhecido por “Baiano”.

Todos os acusados já foram transferidos ao Sistema Penitenciário e estão à disposição da Justiça de Tucuruí.

 

Para acompanhar mais notícias de Tucuruí, Curta o Portal Tailândia no Facebook facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

 

Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *