As oficinas têm como objetivo mapear os problemas locais, estruturar e fortalecer a gestão ambiental do município.

Secretraria Municipal de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Tailândia durante a oficina realizada no município.

Na foto: Equipes do PMV/CLUA e da Secretraria Municipal de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de

Tailândia durante a oficina realizada no município.

Os municípios de Novo Repartimento e Tailândia, sudeste e nordeste do Estado, respectivamente, receberam esta semana, entre 9 e 12 de abril, as oficinas do Programa Municípios Verdes (PMV), que têm como objetivo mapear os problemas locais, estruturar e fortalecer a gestão ambiental de cada município, visando a diminuição do desmatamento e a consequente saída da lista dos municípios embargados pelo Ministério do Meio Ambiente.

A equipe esteve em Novo Repartimento nos dias 9 e 10 de abril e em Tailândia nos dias 11 e 12. “Realizamos um diagnóstico da capacidade institucional das prefeituras, em especial das secretarias de meio ambiente, para que exerçam de fato a gestão ambiental de suas regiões. As oficinas são resultado de um plano de ação entre o PMV e os municípios, com foco no cumprimento das metas do Programa”, reforça Marussia Whately, coordenadora da ação.

Como consequência das atividades realizadas nos municípios, planos de ação conjuntos entre o Programa Municípios Verdes e as secretarias de Meio Ambiente dos municípios foram firmados. “Em Novo Repartimento fechamos uma primeira versão do plano de ação conjunto e o município se comprometeu a criar um grupo de combate ao desmatamento. Já em Tailândia, definimos ações para retirar o município da lista de embargo do MMA e também discutimos a linha de atuação do plano de desenvolvimento sustentável”, completa Marussia.

Novo Repartimento e Tailândia estão na lista dos municípios embargados do Ministério do Meio Ambiente, dentre os que mais desmatam em toda a região amazônica. Segundo o Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), sistema oficial de medição do desmatamento no Brasil, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Novo Repartimento desmatou cerca de 120 km². No município existem 35 projetos de assentamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), locais aonde vêm ocorrendo os principais focos do desmatamento na região. Já Tailândia registrou, no mesmo período, 9,39 Km² de área devastada, e possui 5 focos principais de desmatamento.

A oficina do Programa Municípios Verdes é uma atividade realizada em parceria com o Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e com a Organização Aliança pelo Clima e Uso da Terra (Clua), que tem como objetivo desenvolver uma iniciativa piloto de fortalecimento da gestão ambiental em 10 municípios paraenses: Altamira, Dom Eliseu, Marabá, Novo Progresso, Novo Repartimento, Paragominas, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Tailândia e Santarém. Até então já foram realizadas oficinas em Santarém, Novo Progresso e Dom Eliseu, e até junho acontecerão em todos os municípios envolvidos. A próxima parada será em Paragominas, nos dias 18 e 19 de abril.

[divide style=”2″]

Para acompanhar mais notícias da Região, Curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

Agência Pará

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *