imagem: reprodução

A festa corria solta na beira da piscina do Condomínio Ilhas do Lago, na Asa Norte, em Brasília. Os festeiros estavam sem máscaras de proteção facial, assim, com duas atitudes que feriam as regras do lugar. Foi quando o porteiro se dirigiu ao grupo e passou a ser alvo de ofensas, na sexta-feira, 19.

O vídeo a seguir contém palavrões.

Com a reclamação de vizinhos do condomínio de luxo, insatisfeitos com a festa e com os riscos de aglomeração, a equipe de segurança do residencial foi acionada. Mas o encarregado foi recebido com ofensas, palavrões, ao se aproximar do grupo. “Vem me tirar daqui, babaca”, disse o morador.

“Você sabe quem eu sou? Quem você é?”, questionou. “Vai se f*, vai tomar no c*. Eu vou te mandar embora”, continuou. “Vai tomar no seu c* e some daqui, se não eu te dou porrada”, ameaçou o homem.

O condômino perguntou o nome do porteiro, que resistiu, mas informou. “O senhor vai fazer comigo?”, perguntou o funcionário. “Vou te mandar embora”, disse o agressor. O funcionário rebateu: “O senhor agora é síndico?” O condômino lançou bravata: “Eu mando no síndico”.

O síndico

Felipe Guedes, síndico do Condomínio Ilhas do Lago, afirmou que a atitude do agressor não representa a comunidade do Ilhas do Lago. “É um caso isolado. Não posso ser leviano em comentar o que aconteceu, mas vamos apurar os fatos. A administração já está ciente para saber o que houve e tomar providências”, afirmou.

O uso da piscina do condomínio, do salão de festas, do espaço gourmet e outros, ainda está proibido devido a possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus.

Por O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *